MAIS UMA VÍTIMA FATAL

COM MAIS UMA VÍTIMA FATAL, SETOR DE ROCHAS CAPIXABA MATA O QUARTO TRABALHADOR EM QUATRO MESES

Não é apenas mais um número para estatística negativa. É mais uma vida de um pai de família que foi ceifada em acidente num local em que ele foi para conquistar o pão de cada dia.

O marteleteiro Diéliton Gonçalves Melo veio a óbito na manhã desta segunda-feira (02/11), após sofrer uma queda de uma altura de cerca de 40 metros, enquanto trabalhava. Foi a quarta vítima fatal do Setor de Rochas no Estado em quatro meses.

O acidente aconteceu na empresa Mineração Giarlo Ornamental, em Vila Itaperuna, Barra de São Francisco, onde Diéliton trabalhava há dois anos.

De acordo com a Polícia Militar, o acidente aconteceu após uma pedra se soltar. Com a queda, Diéliton quebrou a perna e bateu a cabeça. O trabalhador chegou ser socorrido e levado para o Hospital Alceu Melgaço Filho, mas não resistiu aos ferimentos.

LUTA PELA PRESERVAÇÃO DA VIDA
O Sindimármore já acionou o Departamento Jurídico e está prestando todo apoio aos familiares da vítima. Diéliton deixa esposa e uma filha de 4 anos.

A luta por um ambiente com acidente zero é a principal prioridade do Sindimármore, que tem diversas ações na Justiça exigindo mais segurança no trabalho e cobra de forma insistente maior fiscalização dos órgãos competentes.

Aos familiares e amigos de Diéliton, o nossos mais profundos e sinceros votos de pesar. E que Deus possa amenizar a dor dos enlutados.